segunda-feira, 1 de junho de 2015

DEUS MULHER OU DEUS HOMEM?




Um grupo de mulheres anglicanas da Capela de Trinity College, em Oxford, Inglaterra, estão sendo lideradas pela Emma Percy a incentivar uma campanha para que Deus, Jeová, seja referido como "Ela" ao invés de "Ele". Segundo essa pastora Deus ser chamado de Ele o faz ser comparado aos homens e por isso seria um caso de sexismo. 

A informação foi noticiada pelo jornal Sunday Times, que em entrevista afirmou: "Quando usamos apenas o masculino para Deus reforçamos a ideia de que Deus é como um homem. Assim, sugerimos que Deus é mais semelhante aos homens do que às mulheres".

Particularmente acho uma grande falta do que fazer.  Para quebrar o argumento dela, me pergunto, chamar Deus de "Ela" também não seria uma forma de sexismo?

Deus homem ou Deus mulher?

Antes de tudo temos que entender que apenas a Bíblia, a palavra de Deus, contém as informações necessárias para entender quem Jeová é. (João 17:3; 1 Timóteo 3:16,17) 

Examinando a Bíblia Sagrada dois fatos ficam bem claros:

1. Deus é espírito e como tal não possui nenhuma atribuição física que se assemelhe ao ser humano. (João 4:24; 1 Timóteo 1:17)

2. Ninguém, absolutamente nenhum humano, viu a Deus e portanto pode lhe atribuir um gênero (1 João 4:12)


Deus é espírito, contudo, muitas e muitas vezes a Bíblia lhe atribui características humanas de forma figurativa. Isso é chamado de Antropoformismo, ou seja, uma forma que Jeová Deus usa para comunicar certas verdades sobre Sua natureza à humanidade, seres humanos. Já que o homem é um ser físico limitado na sua capacidade de compreender as coisas que vão além do reino físico, portanto, utilizar essa figura de linguagem na Bíblia ajuda o homem a entender quem Ele é.

Quando Jeová criou o homem, tanto Ele, como seu mestre de obras, seu filho Jesus Cristo, utilizaram a seguinte expressão: "Então Deus disse: 'Façamos o homem à nossa imagem, segundo a nossa semelhança...' ", ou seja,  foi criado à imagem de Deus, pois Adão era mais magnificente do que o resto da criação; Eles, como pai e filho, têm uma mente, vontade, intelecto, emoções e capacidade moral, já os animais não possuem essa capacidade moral e também não possuem um componente imaterial como Adão possuiu.

Mais tarde, quando criou a mulher, Jeová não utilizou uma nova fôrma, por assim dizer, mas Ele retirou uma costela de Adão e criou Eva, ou seja, ele utilizou a mesma matéria prima, para criar a mulher de modo que ela também era a imagem de Deus. - Gênesis 1:26; 2:22-24.


Porque atribuímos a Jeová um gênero masculino? 


Porque assim Jeová quis e não sabemos os motivos. Jeová sempre se referiu no gênero masculino todas as vezes que manteve contato direto com seus servos no passado. 

Para começar, as Escrituras contêm quase 170 referências a Deus como "Pai". Isso implica que uma pessoa não pode ser um pai a menos que seja masculino. Se o objetivo de Deus tivesse sido o de se revelar ao homem na forma feminina, então a palavra "mãe" teria sido usada nessas passagens. Tanto no Velho como no Novo Testamento, pronomes masculinos são usados frequentemente em referência a Deus.

Nos evangelhos o próprio Jesus Cristo, que veio à Terra como homem, embora também fosse uma pessoa espiritual, se referiu a seu pai cerca de 160 vezes como "pai" e utilizando o equivalente aramaico para o artigo masculino. (João 10:30)

De Atos à Apocalipse, os escritores bíblicos utilizaram o termo Θεός (Theos) para se referir a Deus, que qualquer professor de grego antigo pode confirmar que se trata de um artigo masculino e é citado cerca de 900 vezes.

Os anjos e demônios também são retratados no gênero masculino, inclusive, recebendo nomes masculinos. (Gênesis 32:22-28; Lucas 1:26; Judas 9)

Embora Jeová não seja homem, mas sim Espírito, Ele escolheu a forma masculina para Se revelar aos homens. Do mesmo modo, Jesus Cristo, a quem a Bíblia também se refere com títulos, substantivos e pronomes masculinos, andou na terra na forma masculina. 

Fazer a afirmação de que Deus escolheu a forma feminina para se revelar ao homem não é consistente com o padrão estabelecido pela Bíblia. Novamente, se Deus tivesse escolhido a forma feminina, acharíamos mais evidência para tal nas Escrituras o que não ocorre. 

Jeová é sexista e rebaixa as mulheres?

Ao criar a mulher da costela de Adão, ela também, se torna uma criação à imagem de Deus. Contudo, sua criação a partir do homem, Jeová apenas estabelecia um padrão organizacional.

A mulher, criada a partir do homem, dependera do homem para ser trazida à existência. Sendo parte do homem, "uma só carne" com ele, e sendo complemento e ajudadora dele, estava sujeita para se adequar ao padrão que Jeová queria para a humanidade. Ela também estava sob a lei de Deus, dada a Adão, a respeito da árvore do conhecimento do que é bom e do que é mau. Tinha a responsabilidade de se empenhar para o bem do homem. Juntos deviam ter filhos e exercer domínio sobre os animais. — Gên 1:28; 2:24. 

Visto que o normal para as mulheres nos tempos bíblicos era casar-se, os textos bíblicos que tratam das responsabilidades da mulher usualmente se referem à sua posição como esposa. O dever primário de todas as mulheres em Israel era servir a Jeová Deus na verdadeira adoração e ser uma ajudadora de seu marido, cabendo a Ele, contudo, a chefia da família.

Mas mulheres tinham uma grande participação na edificação espiritual dos servos de Jeová no passado e ainda hoje possuem uma posição importante na edificação da congregação e não devem se sentir menores em relação ao Reino de Deus. - Salmo 68:11, A Sentinela 15/08/2014, pp. 3-8.  

Não sabemos e a Bíblia não esclarece o por quê Jeová utilizar sempre a figura masculina para se referir a Si mesmo e às criaturas espirituais, mas sabemos que isso não significa que Ele seja sexista ou que ache os homens mais importantes que as mulheres. Deus é espírito e é irrelevante se ele se mostra como homem ou mulher, contudo, por escolher o gênero masculino, cabe a nós seguir esse modelo. 

Qualquer tentativa de tentar mudar o gênero de Deus para mulher, este sim, é sexista e tem por objetivo apenas causar o caos dentro da organização estabelecida por Ele. 

Um comentário:

  1. Oi Andre,q bom q não esqceu d mim! Como sempre seus posts maravilhosos parabéns! Quais são as novidades? Aparece meu amigo!

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.