sexta-feira, 24 de agosto de 2012

O QUE É APOSTASIA?


Sodoma era uma cidade imunda espiritualmente. A adoração de Jeová estava longe de acontecer e práticas sexuais repugnantes, bem como idolatria, havia chegado aos céus. Jeová decidiu sumariamente destruí-la! Quem seria louco a ponto de questionar a decisão de nosso grandioso Deus Todo Poderoso ao ponto de chegar a chamá-lo de injusto?

Abraão fez isso! Genesis 18:16-33 relata o momento em que Abraão questiona a Jeová "É inconcebível a teu respeito que atues desta maneira para entregar à morte o justo junto com o iníquo, de modo que se dê com o justo o que se dá com o iníquo! [...] Não fará o Juiz de toda a terra o que é direito?" Abraão duvida de que realmente não haja nenhuma pessoa justa em Sodoma, e Jeová pacientemente ouve seus questionamentos, vez após vez, até prová-lo de que ele não é um Deus injusto e que realmente todos ali mereciam a destruição!

Abraão questionou a Jeová por 6 vezes.
Estava ele tendo uma dúvida sincera ou desenvolvendo um coração apóstata?

Esse é apenas um de vários relatos de servos de Jeová que em dúvida, questionam determinada decisão. Jonas "questionou" a Jeová e fugiu de sua missão em Nínive. Quem não lembrará das várias passagens em que o apóstolo Pedro questionava decisões de Jesus e era prontamente orientado, às vezes de modo brando, outras nem tanto?  (Mateus 19:27-29; 16:22, 23). Todas as vezes que leio esses relatos bíblicos, só uma coisa me vem à mente. Qual o limite entre questionamentos sinceros e apostasia? Parece que para muitos irmãos é uma linha bem tênue... e na dúvida, chamam de apostasia. 

Segundo o Livro dos Anciãos, na página 94, Apostasia é afastamento, deserção,defecção, rebelião, abandono; envolve o ensino de falsas doutrinas, o apoio ou a promoção de religião falsa e de seus feriados ou atividades ecumênicas. Até aqui as coisas são claras, e por exemplo, pelo que eu me lembro, não cometi nenhum dos pecados acima. Inclusive no parágrafo seguinte continua: Deve-se ajudar os que tem dúvidas sinceras, tratando-os com misericórdia. (Judas 22,23, w83 1/3 pp.20-1; w81 1/2 pp.21-2).

É aqui que vou me apegar. Quando comecei a estudar a Bíblia, sempre fui bem orientado pelo meu então instrutor, atualmente servindo como ancião coordenador de uma congregação, a estudar cabalmente. Quando você estuda, você se apega a muitas informações, e é comum ter dúvidas quanto a algumas delas.  Desta forma, conforme são orientados, devemos ter nossas dúvidas sanadas misericordiamente. Durante os meus 15 anos de serviço ativo, inclusive como Servo Ministerial por duas vezes, sempre recorri a Betel em busca de orientações sobre o qual não entendia ou não concordava. Será que não continuaria a fazê-las, mesmo desassociado?  Desta forma, para os incautos que vivem eternamente como criancinhas bebendo leite e não buscando entender a "palavra da Justiça", talvez todo questionamento que faço aqui, como dúvidas sinceras, possam parecer apostasia. Mas acreditem, não é! Quando voltar estarei fazendo as minhas pesquisas bíblicas de sempre, e se Jeová permitir, continuarei questionando minhas dúvidas à Betel, que amorosamente continuarão me respondendo como fazem pacientemente desde que me tornei Testemunha de Jeová em 11 de novembro de 1989.

Se se incomoda, não precisa vir aqui, só tem desassociados que amam a Jeová!



PS: Às vezes fico triste quando um irmão me chama de apóstata; 
mas fico feliz quando os apóstatas citam meu blog em seus fóruns imbecis e me chamam de idiota! 


9 comentários:

  1. Pascoal, quer dizer que eu retiro as mensagens apóstatas porque sou vigiado? Ah, fala sério. Voce acha que me preocupo com isso? Minhas opiniões são mais veementes do que comentários de apóstatas.

    Retiro sim, por respeito aos irmãos, desassociados ou não.

    Como disse, apesar dos questionamentos, ESTA É A ORGANIZAÇÃO DE JEOVÁ NA TERRA. Sei disso quando olho a imundice nas igrejas católicas, pentencostais, neo-pentenco$tai$, os televangelistas, muçulmanos, budistas, etc...

    Vou repetir de novo a frase que mais uso. Se as Testemunhas de Jeová não for o religião verdadeira, virem ateu, porque Deus não existe.

    ResponderExcluir
  2. Parece, André Lago, que vc conhece a sua religião superficialmente. Existe muita imundícia também entre as Testemunhas de Jeová. Seja corajoso e pesquise mais sobre sua suposta religião.

    ResponderExcluir
  3. Na Biblia existem exemplos de ALERTAS e para serem SEGUIDOS. Nestes caso conforme o que citou sobre questionamentos de Abraão,ficou registrado apenas para conhecermos a personalidade de Jeová, como um Deus que se compadece por nós meros humanos, Jeová condescende olha pra baixo. É neste sentido que esse relato de Abraão nos chama atenção. E Jeová permitiu que ele levantasse questões, porque compreendia que o conhecimento dele era muito limitado, não tinha uma Biblia, não tinha ainda uma organização visivel que dá o alimento no tempo apropriado. Sendo assim concluo que não devemos questionar apenas ter fé e esperar o esclarecimento, hoje somos abençoados com rico alimento que nos supre de maneira abundante e que não nos dá margem pra ficar questionando, agirmos como Pedro...segue trecho de W 15/09/11 pag. 11-15.

    "Como você reage quando Jeová, a Fonte de esclarecimento espiritual, lança luz sobre “as coisas profundas de Deus” contidas na Bíblia? (1 Cor. 2:10-13) Temos um belo exemplo na reação do apóstolo Pedro quando Jesus disse aos seus ouvintes: “A menos que comais a carne do Filho do homem e bebais o seu sangue, não tendes vida em vós mesmos.” Levando essas palavras ao pé da letra, muitos discípulos disseram: “Esta palavra é chocante; quem pode escutar isso?” Eles “foram embora para as coisas deixadas atrás”. Mas Pedro disse: “Senhor, para quem havemos de ir? Tu tens declarações de vida eterna.” — João 6:53, 60, 66, 68.
    15 O apóstolo Pedro não havia entendido bem o que Jesus quis dizer quando falou em comer Sua carne e beber Seu sangue. Mas Pedro confiou que Deus proveria o esclarecimento espiritual. Quando a luz espiritual sobre certo assunto se torna mais clara, você procura entender as razões bíblicas por trás do ajuste? (Pro. 4:18) Os bereanos do primeiro século receberam a palavra de Deus “com o maior anelo mental, examinando cuidadosamente as Escrituras, cada dia”. (Atos 17:11) Imitar o exemplo deles aumentará seu apreço pelo privilégio de servir a Jeová, de ter a ele como herança."

    Não vale a pena remar contra a maré... abraços!!!!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns, André, por sua pesquisa. Achei muito enriquecedora tua leitura de Gênesis 18 e Mateus 16 e 19. Realmente, a Bíblia não proíbe que se faça questionamentos sinceros. O próprio Cristo deu exemplo diante dos mais diversos questionamentos dos discípulos. Proibir questionar é proibir a pessoa de pensar, de usar sua capacidade de raciocínio. Deus não deseja servos robotizados, mas pessoas que reflitam, que questionem, que não tenham medo de pensar. E foi assim que Cristo lidou com todos, quer com as dúvidas de seus discípulos (Tomé, Pedro, etc), quer com os questionamentos dos críticos fariseus. Liberdade de pensar é fundamental, as próprias Escrituras atestam isso, como vc bem apontou.

    ResponderExcluir
  5. Mudando de assunto: hoje 27/08/2012 o site JW está de cara nova. Ficou show!!!! Legal mesmo!!1 Chamativo, atrativo, clean, nota-se um grande profissionalismo por detrás deste site. Esta organização é espetacular mesmo!!!

    ResponderExcluir
  6. Só não vejo a necessidade de assuntos polêmicos ou pouco compreendidos fazerem sempre parte de seus assuntos preferidos para serem explanados em um blog. blog este que você não tem o controle de seu alcance. Tudo o que você vai atrás, seus questionamentos e pesquisas são e sempre serão válidos, dignos de elogios, mas fazer deles o centro de suas discussões, não sei se é uma decisão sábia. Você poderia antes falar de assuntos que não traríam demasiada atenção para vc e sua qualidade de ensino. Às vezes me incomodo quando vc se refere àqueles que não tem o mesmo grau de intelecto ou madureza que você como crianças, que estão sempre no leite. Provavelmente vc já foi um desses. Mas todos somos ensinados pelo mesmo Deus. queria eu poder repetir as palavras de Paulo ao dizer que queria que todos fossem profetas entre outras coisas. Mas as vezes estes mesmo que não tem um desenvolvimento teocrático são os mesmos que conseguem passar conceitos básicos do livro "Bíblia Ensina" com maestria. sei lá, isso é relativo.

    Destaco aqui, não sei se com a mesma visão sua, o texto
    1Cor. 14:26-33 e seus princípios envolvidos.

    Ora, se, por acaso, as coisas que vc fala são difíceis demais para entendermos, por que deveria você insistir em tais coisas? Não seria melhor deixar esses assuntos mais polêmicos para uma roda de amigos, para aqueles que desfrutam do mesmo grau de sabedoria e entendimento, onde vc poderia controlar o alcance de suas palavras, explicando com mais cuidado?

    Não quero ser amo de sua fé.
    sou simplesmente um dos maiores admiradores de seu blog e olha que nem te conheço ( por isso o anonimato-vai que um dia eu te conheço e vc vai querer me bater)

    Mas gostava muito de suas pesquisas que edificavam,(como sobre o fato de Jeová ter inspirado 4 relatos sobre Jesus) Por que as discussões que partiam daí eram saudáveis, edificavam. Mas agora...tudo o que vc escreve, tudo é debruçado sob a cortina da polêmica...sinceramente André, onde está a edificação? ( talvez vc pense: não preciso fazer nada para edificação, Não tenho obrigação com nenhum irmão...mas meu caro amigo, vc é uma das ovelhas preciosas de Jeová, Este está desesperado à sua procura e nós ansiosos para te ter de volta ao rebanho). nós, crianças no Leite ou adultos no arroz, feijão, bife e batata frita, somos todos ensinados por Jeová.

    Ainda sim, tu tens minha admiração. Como pessoa e como Testemunha de Jeová. Apenas lembre os interesses de quem devemos por primeiro - Fil. 2 (todo o cap. 2 é muito interessante, mas especialmente do 1 ao 4).

    Se seu blog é visitado por apóstatas e afins, problema o deles, mas não os tornem personagens principais de seus assuntos. Eles não merecem seus esforços. Lembre-se que seus irmãos são a sua prioridade. ministrar-lhes é seu dever.
    Mesmo que pareça que você está numa toca com um monte de porcos-espinho e o convívio seja um tanto difícil.

    Desculpa o livro. Me empolguei.


    ResponderExcluir
  7. [Deus] não é homem igual a
    mim para eu lhe responder,
    para entrarmos juntos em julgamento.— Jó 9:32
    O texto de hoje é bem apropriado, somos muito limitados em conhecimento, como o profeta Daniel e outros existem coisas que estão fora da nossa compreensão, não podemos ficar no leitinho, mas não adianta estar no alimento sólido e desagradar a Jeová mesmo comendo rapadura arroz, feijão, o amor as sua leis é o que vai nos mante de pé.

    ResponderExcluir
  8. Ola André! Belo artigo redigido Sua capacidade de sintase é maravilhosa. Todos temos dons e acredito que este é um dos seus. Não se preocupe com comentarios negativos daqueles que não conseguem encontrar a paz mental e sentem-se aprisionados pelo passado entre as testemunhas de Jeová. Muitas pessoas abandonaram suas crenças como testemunhas de jeová e hoje não conseguem desapegar-se de sua estrutura organizacional. Buscando a paz interior e a certeza que fizeram a coisa certa apegam-se a erros comportamentais e equivocos doutrinais para sentirem a certeza que fizeram a escolha certa em abandonar suas crenças religiosas e seus dogmas espirituais. A verdade é que tudo que sabemos é relativo apenas Jeová possue a sabedoria absoluta. Seguir com as testemunhas de Jeová é um modo de vida que exige coragem mas é diferente de tudo que pode ser oferecido espiritualmente neste mundo, mas devemos reconhecer prontamente que não existe nada perfeito neste sistema por isso não devemos cultivar o perfeccionismo religioso mas concentrar-se nosso amor a DEUS(YHWH)
    meu contato: camford@bol.com.br

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.