sábado, 11 de junho de 2011

DIA DOS NAMORADOS?




Esqueça tudo que você já leu sobre o Dia dos Namorados até agora nas publicações. Simplesmente porque  as referências sobre o "Dia dos Namorados" na maioria da vezes são relacionadas ao dia de São Valentim que é comemorado em 14 de fevereiro em todo mundo, especialmente nos Estados Unidos. O tal dia dos namorados, na verdade, é uma celebração de um Bispo que lutou contra o imperador Claudio II, que havia proibido casamentos, alegando que os solteiros seriam melhores guerreiros do que os casados. Ai ele virou santo e todo ano se celebram a ele como se fosse o dia dos apaixonados. Assim, o Dia de São Valentim comemorado em todo o mundo se torna uma festividade religiosa, portanto, abominável aos olhos de uma testemunha de Jeová.

Contudo, o Dia dos Namorados comemorado no Brasil não tem nada de religioso. A data foi criada pela Associação dos Comerciantes de São Paulo, que usou estratégicamente a data de 12 de junho, por ser véspera do dia de Santo Antonio, mas tem o estrito objetivo comercial. 12 de junho é uma data apenas comercial, nada tem a ver com São Valentim, e não possui nenhum objetivo de homenagear Santo Antonio, o santo casamenteiro.

ENTÃO O CRISTÃO PODE DAR PRESENTES NO DIA DOS NAMORADOS?


Bem, aí é uma questão de consciência. Mas antes que saia comprando presentes é preciso analisar algumas circunstâncias atenuantes. 

Pra começar, lembre-se que os Comerciantes paulistas escolheram um dia antes da homenagem a Santo Antonio, justamente por ele ser o santo casamenteiro. Hoje, muitas pessoas associam o Dia dos Namorados ao dia de Santo Antonio.

Segundo, embora não tenha conteúdo religioso, porém tem conteúdo comercial. Lembram que o Comércio é um dos três braços da Fera mencionada no livro de Revelação? Desta forma, será que deveríamos comemorar algo que foi criado justamente pela fera que pretende se opor ao Reino de Deus? - Rev. 13:18.

E por fim, lembremos que não fazemos parte do mundo. Não precisamos de um dia específico para mostrar o quanto amamos nossa esposa, nossas noivas ou namoradas. Como Testemunhas de Jeová, não ficamos nos baseando no que o mundo estabelece como dia especial de alguém, ou de algo. Assim como para uma Testemunha de Jeová, todo o dia é dia das mães, dia dos pais, da mesma forma, todos os dias, devem ser o dia das nossas esposas, das nossas namoradas e noivas. - João 15:17-21.

Pense nisso...



2 comentários:

  1. O brasileiro,realmente é um povo criativo,e arruma um jeito para tudo,principalmente para os dias dos namorados:por ser véspera do Dia de Santo Antônio,nada melhor do que criar uma data específica para os dias do namorados,um dia antes da comemoração da data do "Santo Casamenteiro".Então viva a criatividade do povo brasileiro!

    ResponderExcluir
  2. sou cristao 11 anos batizados,e embora esteja desasociado no dia dos namorados mesmo sabendo que e um dia condenavel bateu uma solidao por estar sozinho,desliguei a tv que so fala do assunto,e me preparei pra ir no salao na reuniao.chegando la todo mundo com suas namoradas,casados.ai fica complicado.mas meconcetrei na reuniao e minha vida que esta em jogo.

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.