domingo, 6 de fevereiro de 2011

HARDNEJA SERTACORE



Misturar rock com músicas caipiras não é uma novidade. A banda punk californiana NOFX já fazia isso desde 1983, assim como a banda Primus que fazia uma mistureba legal entre rock e música country -  embora o Country já seja em si, uma das vertentes do rock. Em 1987 a banda brasiliense Raimundos se tornou a grande revelação do ano ao fazer uma mistura legal de rock com letras e ritmos nordestinos, embora essa "criatividade" tenha durado apenas nos dois primeiros álbuns. Assim, uma banda que prometa misturar hardcore com música sertaneja não pareça uma novidade assim tão grande.

Entretanto a banda Hardneja Sertacore aparece como uma opção bacana em sua proposta de transformar músicas sertanejas em hardcore. O som é legal, os arranjos até interessantes, mas no fim a banda soa como uma banda cover fazendo aquilo que há de pior: transliteração de músicas sertanejas que, com certeza, 80% do público que curte hardcore, não conhece ou detesta.

Quando se trata de uma caso isolado - como a banda paulista Peter Perfeito que fez uma versão de "Cabecinha no ombro" de Roberta Miranda - fica até legal, a turma curte, acha engraçado, mas quando isso é repetido em demasia, o risco de cair na mesmice é grande. E é isso que ocorre com essa banda que faz versões hardcore e músicas clássicas do sertanejo como "Dormi na praça", "Pensa em mim",  "Asa Branca" ou "Estou apaixonado".

Não que o resultado é ruim, mas uma das características de quem curte rock, principalmente hardcore, é gostar de músicas autorais. Com o tempo a versão das músicas sertanejas vai cair na mesmice e a banda vai ter que produzir suas próprias músicas, - como no caso de "Evidências" - e neste momento ela vai acabar setornando igual a tantas outras bandas que fazem Emocore.

Enfim, o som é muito bom. Quem acha interessante ouvir "Seu guarda eu não sou vagabundo, sou um cara carente e dormir na praça pensando nela" em forma de hardcore, tenho certeza que vai gostar da banda Hardneja Sertacore. Enfim, são músicas descartáveis, quando acabar a graça, você nem vai lembrar que ouviu. Mas vale conferir.



Um comentário:

  1. andre, gostaria que se possível voçê colocasse aquí no seu blog na parte de música o vídeo do waterboys a música "the whole of the moon" de 85, esse vídeo tem feito muito sucesso no youtube e é com muita alegria se possível vê-lo no seu blog para alegrar nossas mentes e corações. grato.

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.