segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

E SE JEOVÁ DESCOBRIR QUE FOI VOCÊ?

"Sede vigilantes, porém, para que esta autoridade
vossa não se torne de algum modo uma pedra de tropeço
para os que são fracos."
- 1 Corintios 8:9



É incrível como assuntos simples e corriqueiros tomam rumos e ponto de vistas diferentes a cada estudo da revista A Sentinela. Já falamos muito sobre falsidade e como evitá-la, mas pela primeira vez vi um ponto de vista que não tinha imaginado antes.

No parágrafo 7, do último domingo (sábado, para alguns, rsrsrs) os irmãos escreveram: "Mas que dizer se usarmos de engano em palavras ou ações, resultando em que um irmão na fé tenha de pedir a ajuda de Deus? Seria muito rum para nós!". Ué, ruim para nós? por que? Sim, claro! Imagine uma pessoa suplicando a ajuda de Jeová, porque está sendo aflingida por comentários maldosos ou um ato de falsidade, aí Jeová "desce" à terra para ver o que está acontecendo e descobre que é você o causador de tudo isso?

O interessante é que nunca pensamos desta forma, ou melhor, até pensamos, mas sempre fazemos associação com coisas grandes. Mas muitas vezes pequenos comentários ou atos de falsidade pode ser uma pedra de tropeço maior do que outra coisa mais séria. Me lembrou de uma ilustração de que eu costumava usar muito quando proferia discursos públicos: "Ninguém cai diante de uma pedra grande, pois ao vê-la, é fácil desviar-se. Geralmente tropeçamos em pedras pequenas, que aparecem em nossa frente e não estamos preparados porque não a vimos".

Um comentário:

  1. é meu caro andre, essa é pra voçê hein! vê lá o que vai postar em seu blog pois dependemos inteiramente disso e acreditamos em seu trabalho, voçê é competente, espero que não seja pedra de tropeço para ninguém.

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.