sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Jesus fácil



Tati Quebra Barraco agora é “Tati constrói templo”. Nossa, apesar dessa piada infame, a noticia de que a cantora (?) de funk se converteu ao evangelicismo e é o mais novo membro da Igreja Nova Vida, é verdade. Para delírio de muitos evangélicos do meu serviço que não poupou meus ouvidos de clichês como “Jesus salvou” ou “Glória a Deus” é interessante saber que uma das precursoras do funk lixo, feitas de canções de duplo sentido, tenha virado uma guerreira de Jesus. Será que agora ela trocará o refrão de uma de suas mais conhecidas canções (??) para Jesus é bom, Jesus é bom?

Não. Em entrevista a coluna Retratos da Vida do jornal carioca EXTRA, ela disse que “ninguém tem nada a ver com as roupas que uso, nem com a bebida que bebo...”. Enfim, tudo como antes no quartel de Abrantes. Desse jeito, é fácil se converter, não é Gretchen? Ou Monique Evans, ou Caroline Miranda, ou Alexandre Frota, ou...

Por que é tão fácil virar evangélico para algumas celebridades? Por que algumas delas não agüentam o ostracismo e se converter significa alguns meses a mais de destaque e até de melhora financeira. Veja o exemplo de Lázaro. Antes apenas um desconhecido da massa, ou levemente lembrado como um dos vocalistas do Olodum. A vida financeira não deveria ser boa, uma vez que o cachê deveria ser mega dividido entre as dezenas de músicos, dançarinos e o pessoal da técnica. Quando surgiu como “Lázaro, ex-Olodum que se converteu”, seu sucesso foi imediato, seus shows se multiplicaram pelo país, sempre lotados e seu DVD, mesmo pirateado, lhe rendeu bons dividendos e uma boa grana. Jesus salva!

Uma segunda facilidade é que estas celebridades sempre se convertem para igrejas relativistas, na maioria das vezes, neo-pentencostais que possui entre os critérios para “seguir a Cristo”, o de não ter critérios. Como já expliquei aqui, os neo-pentencostais são relativistas quando dizem que qualquer coisa feita em nome de Deus é permissiva, daí pregam o “Jesus fácil” que é adorado por lutadores de jiu-jitsu cristãos, policiais cristãos, atrizes e atores chamados cristãos e até homossexuais. Observem que nenhum deles se converte para igrejas tradicionais, mais conservadoras, que exigiriam uma afinidade maior com regras e requisitos da igreja. O Jesus fácil salva mesmo!

É por isso que quando uma colega de trabalho me falou que as Testemunhas de Jeová possuem tantos requisitos que acabam afastando as pessoas, eu respondi dizendo que isso é uma prova justamente do contrário: que Deus só atrai aqueles que querem realmente fazer sua vontade.

3 comentários:

  1. BIO - show de bola esse seu post. Eu ja tinha lido a entrevista com ela sobre isso, e ficou claro que as musicas de sempre continuarão no repertório.É uma febre quesó vem aumentando, esses pseudos-cristãos, que fazem o ja citado no seu texto.Desse geito é muito fácil se dizer cristão.O que eu acho hilário é que esses muitos deles cantores, quando supostamente se convertem pegam as mesmas musicas que antes diziam profanas, e fazem versoes encimas dessas.Mas fico mi perguntando, se eles sao condenáveis, e porque ouvem elas tanto para fazer as versoes de "louvor?" contraditório ....

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o Anônimo. É por isso que quando eu vejo na Despertai! que um integrante do Sly and The Silverstones (acho que é assim), ou vejo uma entrevista com ex-goleiro do Santos FC que se tornaram Test. de Jeová, tenho certeza que eles realmente querem mudar seu proceder na vida e agradar a Deus. Tanto que decidiram largar suas profissões que lhes rendiam bons lucros.

    ResponderExcluir
  3. até a carla perez virou evangélica, depois de aprontar todas e ainda continua aprontando saindo no carnaval com "o trío do senhor" é a treva!

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.