domingo, 4 de outubro de 2009

Já ouviu falar no Gram?



Se não vai
Não desvie a minha estrela
Não desloque a linha reta

Você só me fez mudar
Mas depois mudou de mim
Você quer me biografar
Mas não quer saber do fim

Mas se vai
Você pode ir na janela

Pra se amorenar no sol
Que não quer anoitecer
E ao chegar no meu jardim
Mostro as flores que falei

Vai sem duvidar,
Mas se ainda faz sentido, vem
Até se for bem no final
Será mais lindo
Como a canção que um dia fiz
Pra te brindar

Você pode ir na janela
Pra se amorenar no sol
Que não quer anoitecer
E ao chegar no meu jardim
Mostro as flores que falei

Você só me fez mudar
Mas depois mudou de mim





As demais músicas são desse naipe... confira!

8 comentários:

  1. E ainda tem gente que nunca ouviu falar.

    ResponderExcluir
  2. BIO- meu deus o que é isso? chamaram o grupo terrorista ETA pra chacinar o portugues nessa musica. alguem mi descreva oque isso, porque ainda nao mi recuperei do soco kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Ah, dá um desconto, ouve a música, vai que no contexto fica legal. A musica é bonita.

    ResponderExcluir
  4. Acho que quem assassinou o português foi você Anônimo. Português tem acento circunflexo no e, o pronome que você escreveu tem grafia correta ME e não MI e PARA sempre se escreve assim, e não PRA. PRA somente ao falar, nunca ao escrever.

    ResponderExcluir
  5. BIO - TABOM NOBRE CONHECEDOR DO NOSSO GRANDE LEQUE MUSICAL NACIONAL, MAIS SO VOU PERDOAR PORQUE ACHEI O ARRANJO LEGAL KKKKKKK

    ResponderExcluir
  6. BIO - oh ,desculpe, é que sou biológo e não professor de português kkkkkkkk - só sei escrever coisas do tipo :
    pneumoultramicroscópicosilocovulca-noconiótico - KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  7. Tá desculpado Anônimo, mas não faça outra vez, hein.
    rsrsrsrsrsrsrs, brincadeira

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.