terça-feira, 14 de abril de 2009

Momento Poesia II

RUMORES

Ouvi os rumores

Que seus amores

Todos foram em vão

Mas achei que tudo

Poderiam ser flores

Apesar desses rumores

Me perdi em ilusão

Porém mais uma vez

Senti as dores

Desses amores

Que tu fizeste

Em meu coração

E agora vejo

Esses horrores

Que os sonhos fazem

Quando embora vão

E parece mentira

Mas a vida minha

Agora é só tristeza e desilusão

E agora vejo rumores

Que tu tens novos amores

Mas tudo bem

Continuarei como sempre

Andando com minhas dores

Na contramão

- André Lago -
- 16.10.2002 -

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.