sábado, 22 de setembro de 2007

[ Tradução não, traduction yes! ]


O inglês, definitivamente, virou a língua universal. Pena que foi o inglês americano, e não o britânico, que se popularizou. Lamento isso pelo mesmo motivo que lamento o fato do mal falado e escrito português brasileiro se sobrepor sobre o bem escrito português lusitano. Mas isso é outra história, que um dia comento com vocês.


Voltando ao inglês, antigamente qualquer pessoa podia traduzir o que quisesse, que os leigos aceitavam. Hoje, porém, as pessoas possuem um mínimo sequer de conhecimento da língua de Shakespeare o suficiente, pode desmascarar os tradutores pilantras que enrolam o povo por aí.


No TVZ do Multishow temos um exemplo típico disso. É sabido que existe a chamada "tradução livre" de expressões ou palavras que não existe correlação com a nossa, mas nas legendas dos clipes do Multishow aparecem traduções que beiram o ridículo. A maior delas foi traduzir "Big girl don´t cry" por Gente grande não chora. Qualquer gente pequena sabe traduzir girl por "garotas". Mudou todo o sentido da canção da Fergie, coitada.


É por isso que eu detesto filmes dublados. A diferença estúpida do que se fala no original, com aquilo que se escreve na legenda chega a dar nos nervos. Um dia assisti um filme onde o cara falava de música com uma menina, então ela fala "ele gosta de sorvete de baunilha" e todos riem. O que sorvete tem haver com música? Qual o sentido da piada? Depois me lembrei do rapper americano Vanilla Ice (uma espécie de Latino dos Estados Unidos) e tudo ficou claro. Meu Deus! Quantos leigos se perderam na piada deste filme?


Um dia rejeitei uma proposta de emprego de tradutor, porque meu inglês é horrível escrito, e falado, pior ainda. Mas pelo que vejo por aí sobre tradução, eu fiz uma besteira muito grande. Afinal, os tradutores de filmes e legendas do Multishow estão ganhando dinheiro fazendo uma grande embromation.

.

Um comentário:

  1. Concordo plenamente. Inclusive eu tb reparei essa tradução ridícula da música de fergie e tb odeio filmes dublados, só assisto se não houver alternativa...

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.