segunda-feira, 9 de julho de 2007

[ Rock Nacional ]

A minha adolescência foi uma das mais divertidas de todos os tempos. Vivi um tempo, antes de tudo, social, onde nós éramos levados a pensar, raciocionar, não éramos jovens bitolados. Vivemos o plano cruzado, plano cruzado II, racionamento, impeachmant do Collor, Quem matou PC Farias, Quem matou Odete Roitman, leite da Dinamarca, supermercados vazios, vimos nossos pais serem fiscais do Sarney, esperávamos o proximo álbum do Legião Urbana ou do Ramones, Titãs era uma banda legal e o mais importante, as bandas de rock tocavam rock de verdade.

Hoje fomos invadidos pelos EMO (sigla dada a uma nova tribo que curte Emotional Hardcore) que curtem rock com letras água com açucar, cheia de abobrinhas, boiolagens e bobagens. Eu até ouço algumas músicas EMO e as acho legais, mas como tudo em excesso enjôa, eu não consigo mais ouvir um álbum inteiro de Hateen, NXZero, Fresno... dá vontade de vomitar. No entanto ainda existem algumas bandas que não se venderam ao EMO para ganhar dinheiro na MTV ou nas FM. Dead Fish, Jason, Cachorro Grande são algumas delas.

O que eu acho engraçado é que no Brasil tudo vira modinha excessiva. Nem as bandas EMO internacionais são exageradas. Os íconte EMO lá fora falam de temas totalmente diversos, num fica só nesse eu te amor e você não me ama. Caracas, há tempos quem fazia isso era as bandas sertanejas e bandinhas de pagode pop; hoje muitas bandas fazem ate pior.

Essa discrepância é vista de forma mais aguda quando você pára para ouvir as bandas de rock nacional dos anos 80; além de muita guitarra, tinha letras, algo para se refletir e pensar. Quer letra mais política que "Carta aos Missionários" do Uns e Outros, ou "Polícia" dos Titãs, ou "Até quando esperar?" da Plebe Rude? Até as canções românticas tinham conteúdo. Pô não vou nem citar Legião Urbana, mas por exemplo, "Boneca de Cera" do Ira! ou "O que eu sempre quis" do Heróis da Resistência já embalou muitos roqueiros românticos. Tem ainda "Belos e Malditos" (Capital Inicial), "Quimeras" (Zero), "Tédio" (Biquini Cavadão), "Infinita Highway" (Engenheiros do Hawai), "Camila, Camila" (Nenhum de Nós), "Ideologia" (Cazuza), "É só o fim" (Camisa de Vênus) entre tantos outros...

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

"Meus heróis morreram de overdose.
Meus inimigos estão no poder
Ideologia! Eu quero uma pra viver"

Cazuza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.