terça-feira, 15 de maio de 2007

[ Feridas ]



Você foi o maior dos meus casos
De todos os abraços o que eu nunca esqueci
Você foi dos amores que eu tive
O mais complicado e o mais simples pra mim.
Você foi o melhor dos meus erros
A mais estranha história que alguém já escreveu
E é por estas e outras que a minha saudade
Faz lembrar de tudo outra vez







Estou com umas mil aftas na boca. E mais umas trezentas na língua. Uma mais gigante que a outra. As pessoas não entram em consenso quanto à origem delas. Estômago ácido o caçamba, afinal, eu bebo dois copos de leite todo dia. Afta é um saco. Afta é o cúmulo. Não dá pra comer, nem farinha. Até falando dói. Afta dói mais que a dor de um chute lá embaixo.

Estou gravando um CD com as antigas de Roberto Carlos para minha chefe. Putz! Depressão total. As musicas de Roberto Carlos reabrem feridas cicatrizadas. Parece que as feridas quando reabrem dói mais. Doem mais que aftas.

+

Que horas são? 00:43h... onde diabos anda esse sono??

+

4 comentários:

  1. Seus olhos dizem que sim, sua boca diz naum... queria saber mesmo o que diz seu coração!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. O que diz meu coração agora não vai fazer diferença.

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.