domingo, 6 de maio de 2012

TÁ RUIM? MUDE DE CONGREGAÇÃO!

Acho que já escrevi sobre isso antes, mas se for, vamos a uma nova roupagem. Está desasssociado? Quer um conselho? MUDE DE CONGREGAÇÃO!. Isso não é errado, independente do que te digam.

Infelizmente vivemos num mundo ruim, onde as pessoas são más todo o tempo, inclusive muitos de nossos chamados irmãos que costumam nos julgar e condenar. Faz parte da imperfeição ou da iniquidade, não nos cabe julgar isso, afinal, o juiz é nosso Senhor Jesus Cristo. Então, para não pecarmos ficando com raiva ou rancor dos nosso irmãos, o melhor mesmo é mudar de congregação, de preferência, uma distante, aonde ninguém te conhece e não vai te rotular pelas coisas que você fez.

 Isso não quer dizer que fazemos o papel de vítima. Você que está desassociado sabe bem o que fez! Sabe os pecados que cometeu, e sabe, principalmente, que merece sua situação. O que não precisamos, já que temos o julgamento amoroso de nosso Deus Jeová e de seu filho Jesus Cristo, o julgamente corrupto de pessoas imperfeitas. Assim, nada melhor do que começar a vida espiritual num lugar aonde as pessoas te ajudarão pelo que você é, e o que você faz atualmente, náo pelo erro que cometeu no passado.

 Conheço uma irmã, que hoje serve como Pioneira Especial, que me disse uma vez que se continuasse na mesma congregação onde ela foi desassociada, possivelmente estaria desassociada até hoje. Mas nesta nova congregação, aonde ela pode ser "julgada" pelas suas ações presentes, ela sentiu apoio dos irmãos e dos anciãos, ao ponto de se fortalecer, casar com um irmão que tinha como desejo servir no território isolado, e hoje, foram um dos casais que mais tem ajudado pessoas a conhecer a verdade no "deserto" do Ceará.

 Eu fiz isso. Mudei de congregação. Me reuno numa congregação hipér super distante de onde eu servia anteriormente. As pessoas não me conhecem, não vão me rotular, não vão criar padrões e me julgar por isso. Olho para eles, e principalmente, para os anciãos, e vejo um olhar amoroso misturado com apoio e desejo de que eu volte logo. "Precisamos de homens, precisamos de cristãos devotados para trabalhar, inclusive para vocês que estão fora", foi o que ouvi de um discurso na Reunião de Serviço. Isso edifica, isso fortalece, naquele momento em que você pensa em desistir.

 Mude de congregação, mude de tudo, só não mude de Jeová!

 Pense nisso!

11 comentários:

  1. Pois é,infelizmente todos nós erramos em palavras e açoes. e as vezes,precisamos ser aconselhados e corrigidos.Qdo somos diciplinados temos duas opções de escolha: agir de modo positivo ou negativo.Podemos desanimar ou levar o conselho da biblia a serio com a atitude correta e nos benefciar.Apesar de "adquirir coração" qdo somos readmitidos,mtos irmaos e irmãs nos julgam.Como postado pelo André,antes mudar de congregação do que ficar com rancor a flor da pele.Devemos tambem procurar ajuda dos ancioes pois como a biblia os descreve sao Dávidas em homens.
    Mediante tudo isso,devemos e queremos ser uma das milhares de pessoas que tem felicidade e uma conciencia limpa tanto aqui,quanto no Maravilhoso Novo Mundo de Nosso Amoroso Pai Celestial..Jeová.

    ResponderExcluir
  2. Receio concordar pq foi o que fiz tb. Mas no meu caso, eu fui mais radical, mudei de cidade tb. Percebi q na cidade anterior eu não conseguiria romper meus laços com os amigos e consequentemente o modo de vida errado. Decidi mudar de cidade e naturalmente de cong. Fui pertencer a uma congregação q tinha pertencido quando criança em minha antiga cidade e dentro de um ano fui readmitido.
    A organização é perfeita, mas os irmãos não. Não tenho nenhum rancor de algum irmão da antiga cong, eu simplesmente não me importo com o q pensam ou falam de mim.
    Mas se for o q falta pra ajudar a voltar, vale a pena o esforço.

    ResponderExcluir
  3. Um ambiente neutro, acho que é isso que André quis dizer. Se isso for de ajuda, bom. De qualquer maneira, a parte mais importante na recuperação espiritual é a interna. Independente de se somos absolvidos pelos "humanos imperfeitos" pouco ou muito tempo depois do erro cometido, de nada adiantará se não houver o efeito regenerador da disciplina no coração da pessoa. Particularmente, torço muito pelos que estão de fora para que voltem logo e de coração pleno e fico muito triste quando eles aparentam desistir por deixar de reunir-se e alimentar-se à mesa de Jeová. Força André, afinal o seu lugar é junto das ovelhas para sempre!

    ResponderExcluir
  4. André sou um dos que visita seu blog todos os dias praticamente. Consegui voltar meu anuncio será em breve. Agradeço a Jeová primeiramente e depois agradeço a todos que postaram em seu blog, ora desabafando ora reunindo forças para ir as reuniões através dos comentários. Quem ama a Jeová nunca desiste dele, pois, sentimos Sua falta constantemente. Mano continue se esforçando, não desista. Eu disse na reunião de admissão que somente o amor a Jeová é quem nos faz subtermos à disciplina. Eu sei André que voçê ama a Jeová, senão, não ficaria sempre falando, falando e falando de Jeová.

    ResponderExcluir
  5. Concordo plenamente, Jeová é o mesmo em todas as congregações. Estou tentando voltar na congregação onde fui desassociado a 9 meses...mas se eu sentir em algum momento esta perseguição e vou pra outra, muito embora isso as vezes custe até mudar de endereço...

    ResponderExcluir
  6. Mude de tudo só não mude de Jeová! Falou tudo André. Jeová está em cada congregação espalhada por toda a terra. Mas nestas estão pessoas imperfeitas que muitas vezes não seguem o modo de Jeová lidar comn pecadores arrependidos, assim, muitas vezes nos julgam ou pior condenam. Mas não devem,os permitir que isso nos afaste de Jeová, pois afinal, basta um pouco de humildade para reconhecer que estamosno lugar certo, do contrário não teríamos sido desassociados, sinal da pureza que permeia a organização. Estou readmitido há 5 meses e percebo por parte dos anciãos um ar de repulsa sobre minha pessoa no modo de tratar, mas a maioria dos irmãos me tratam super bem. Apesar disso resolvi comprar uma casa em outro bairro para mudar de congregação e recomeçar por assim dizer.

    Espero ter mais alegria na nova congregação, mas o que espero mesmo é ver você escrever aqui em seu blog: EU VOLTEI! Que Jeová te fortaleça e te guarde e o conduza de volta aos seus braços, pois Ele o está aguardando. Lhe devo muitos agradecimentos por todo apoio que tive aqui enquanto estava desassociado, que Jeová lhe recompense.

    ResponderExcluir
  7. Eu realmente ainda não havia pensado nisso. Na congregação que estou desassociado eu a frequento desde os 7 anos de idade. Hoje estou com 36. Há pessoas lá dentro que praticamente me viram nascer lá. Da parte dos anciãos eu vejo, pelo menos pelos membros da minha comissão um sincero desejo de ajuda; exceto um que me parece o mais durão. Quanto aos irmãos em geral, muitos ao passaem perto de mim soltam um discreto sorriso, piscam os olhos. Outros já levam mais a sério a orientação e realmente nem olham... sinceramente isso dá um nó no peito. Eu mesmo não consigo ser tão duro assim. Lembro, alguns anos atras, de uma irmã que por duas vezes foi dessassociada e volta e meia nós conversavamos; sempre no sigilo pra ajuda-la, pois eramos amigos desde a infancia na mesma congregação. Hj o quadro se inverteu: eu estou desassociado e ela readmitida. Por varias vezes nos encontramos pela cidade e ela, corretamente segue a orientação por nem me olhar ao passar por mim. Sei que ela está correta, mas me dói sim, dói muito saber que a reciproca não é a mesma. Mas espero que ao retornar, nós possamos conversar pessoalmente sobre isso. Acredito que até poderá haver alguem que me encarará com olhos altaneiros na congregação; mas sinto que aqueles que me conhece desde a infancia não me tratarão com julgamento, como se eu fosse um perigo. Jeová, que é quem poderia realmente me rejeitar, ainda está me dando uma chance e é a Ele a quem eu tenho que me preocupar.

    Abraço a todos e força para conseguirmos retornar e manter a lealdade.

    ResponderExcluir
  8. Encontrei este blog por acaso.
    Estou dissociado a 12 anos. Foi a melhor decisão que tomei em minha vida. Fico triste em saber que para alguns, Deus só se encontra dentro de uma religião e que todos aqueles que não pertencem a ela, não são dignos dele. Bom, mas que cada um cuide de sua vida. Desculpe o comentário. Forte abraço

    ResponderExcluir
  9. TODOS(DESASSOCIADOS) SABIAM QUE ISTO ACONTECERIA ANTES DE SE BATIZAREM. Toda a ação tem uma consequência

    ResponderExcluir
  10. Sou paraibano,publicador não batizado,ja passei por muitas coisas na minha vida,ja fui humilhado,pisado,ja cuspiram em mim,me ba eram mais hj posso dizer q estou agindo igual a jó que por mais q passarmos por momentos dificeis na nossa vida NUNCA DESISTAMOS DE JEOVÁ,todos que estamos aqui ou que ainda vai entrar nesse blog,corramos juntos na carreira da vida eterna,levantando o nosso irmão q esta caido,nunca o JULGANDO, pois aquele que por assim dizer ajudar e erguer seu irmão que esta caido tanto salvará a vida dele quanto a sua.IRMÃOS JAMAIS DESISTAM DE JEOVÁ,SEJA LA PELO QUE FOR,ELE JAMAIS DESISTIU DA GENTE!IRMÃOS E IRMÃS SEJA LÁ QUAL SEJA O PECADO,SE ARREPENDAM DE CORAÇÃO PLENO E RETORNEM A JEOVÁ POIS ELE SE IMPORTA MAS COM UMA OVELHA PERDIDA DO QUE COM AS 99 GUARDADAS.que jeová abençoe todos vcs,ele nos ama e eu tbm amo toda fraternidade de irmãos espalhados pelo mundo,fiquem com jeová!DE:JEFFERSON.msn:jjefinho21@hotmail.com

    ResponderExcluir
  11. será que jeová esqueceu de mim? os anciãõs nem ligam mais pra mim.e se eu mudar de congregação?quero comentar quero sair no campo quero relatar quero ser pioneira.já se foram dois anos desde a primeira carta que mandei.mas fui recusada fui rejeita fui ingnorada.será´pelo fato de morar vizinha de um ancião?por favor me ajudem...

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.