segunda-feira, 27 de junho de 2011

MUDANÇAS, LEVANDO NO PEITO A SAUDADE...

E lá se vai eu para mais uma mudança. Durante os últimos sete meses, a casa de minha mãe tem sido um lugar de refúgio, refinamento e de fortalecimento. Vim em busca de apoio material e financeiro, e acabei encontrando um apoio mais do que espiritual. Estar ao lado de minha mãe sempre cuidadosa, do carinho de minha sobrinha, das discussões saudáveis (e outra nem tão saudáveis assim) com minha irmã, e principalmente, o calor e a recepção dos irmãos da congregação Norte de Luziânia me fizeram um bem enorme.

Mas não sou mais criança, e além do mais, preciso seguir minha vida. Estou voltando para Brasília, cidade que amo de paixão e aprendi a gostar. Cidade aonde trabalho e ainda tenho amigos de verdade. Ainda não sei exatamente aonde irei: Gama? Guará? Samambaia? Ceilândia? Ainda estou a definir, mas seja aonde for, salvo o Gama e Ceilândia, estarei indo para uma nova congregação, de novos irmãos, novos anciãos e expectativas extremas.

Deixo para trás o carinho de muitas pessoas, que sempre demonstraram seu afeto não revelado. Até mesmo quando meu carro acabou a gasolina na volta da reunião domingo (que vergonha!). Levo no peito a saudade.

Deixo para trás um amigo que fiz, triste, pois embora sua readimissão ainda não tenha sido aprovada, sei que ele está no caminho certo e foi de grande ajuda para mim, um companheiro manco ajudando outro manco, mas que juntos seguíamos por esta estrada tortuosa. Mas graças a Jeová, assim como eu, ele também tem uma família, principalmente uma mãe carinhosa, que o ajuda muito.

Sei que agora a luta será um pouco árdua, pois sozinho, as tentações serão maiores e as pressões mais frequentes. Mas quem serve a Jeová precisa aprender a servi-lo sozinho, não apoiado nas pessoas. Agora é meu teste decisivo. Não tenho medo da solidão, porque tenho sempre a companhia de Jeová. Como diz um dos novos cânticos...

Que me protejas até o fim! És meu Deus sim, meu Amigo e Pai pra mim. ♫

Enfim, nesta quinta é minha última reunião em Luziânia. Semana que vem seja aonde Jeová me guiar!

10 comentários:

  1. Voce vai ser readimitido?

    ResponderExcluir
  2. "Ao lhe estender a mão
    Jeová lhe trouxe a luz
    Tirou assim você da escuridão
    POIS EM SEU CORAÇÃO SINCERIDADE VIU
    Desejo de servi-lo em retidão
    Você em oração se dedicou
    Jeová em tudo sempre o apoiou


    Agora sua vida pertence a Jeová
    E ele o sustém
    Seus passos guiará
    Está sempre ao seu lado e o protegerá
    Sim, firme o tornará e forte o fará." (...)

    ÓTIMO DIA PETER....

    ResponderExcluir
  3. Tenha sempre em mente que Jeová é a pessoa mais importante de sua vida,se tiver isto em foco,jamais cederá as tentações do diabo.Jesus tinha isto em mente,e jamais cedeu as tentações de Satanás,o fiel Jó tinha Jeová como a pessoa mais importante de sua vida,bem diferentemente de Eva,que esqueceram que Jeová era a pessoa mais importante em suas vidas,e deixaram Satanás participarem de suas vidas trazendo a desordem e a destruição.

    ResponderExcluir
  4. ISAIAS 49;15 JEOVA JAMAIS NOS ESQUECE

    ResponderExcluir
  5. andre esses 7 meses que vc frequentou as reunioes,contam quando vc começar tudo de novo no outro salao.ou vc tem que começar tudo de novo.

    ResponderExcluir
  6. Esteja certo de que você nunca estará sozinho, pois Jeová está sempre perto daqueles que o temem e percebo que você é um destes. Mas, esteja certo de que nosso inimigo continuará tentando fazer você retroceder e esta mudança de situação será observada por ele que poderá colocar algum obstáculo no seu caminho.
    Então mano, redobre sua proteção espiritual. Muita leitura e meditação na palavra de Deus, estudo pessoal semanal (adoração em família) muita oração e não deixe de postar coisas novas pois isso significará que você precisou analisar algum assunto espiritual.

    Conte com a gente também.

    Que Jeová o nosso Deus misericordioso e perdoador esteja do seu lado e te proteja!

    ResponderExcluir
  7. Márcio, eu não sei como funciona. Mas claro que os sete meses que passei frequentando as reuniões em Luziania não foram em vão. Como vou escrever a carta diretamente aos anciãos da minha congregação de origem, eles devem entrar em contato com ambas para saber como estou. Acho que é assim que funciona. Um dos anciãos que participaram da minha comissão, por sinal, foi meu instrutor (triste ironia, não é?) e mesmo de longe me acompanha perguntando por mim à minha mãe ou meus irmãos.

    ResponderExcluir
  8. Obrigado Neide, obrigado Josemar, obrigado Washington, obrigado Rachel, obrigado aos anônimos também.

    Que Jeová tenha misericórdia de nós.

    ResponderExcluir
  9. André...tava vendo quase todos os posts do seu blog...vou postar como anonimo mas vc deve desconfiar de quem seja... já falei uma vez com vc sobre meus problemas que muito provavelmente em breve eu seria desassociado, falei isso com vc logo no inicio quando vc foi e sinto que a minha está proxima! As coisas começaram a desenrolar e sinto esta pesada diciplina da parte de Jeová se aproximando...e o quanto é dificil. Não sei o que fazer estou ficando sozinho...as vezes me pergunto se consigo superar novamente já que vai ser a segunda vez...olho os comentários de todos aqui que estão passando por esta situação e vejo o quanto desobedecer a Jeová traz sérias consequencias...e o quanto servir lealmente a ele traz verdadeira felicidade, embora eu nunca tenha sido fiel à ele. Cara depois queria conversar com vc...sempre penso nas coisa que vc escreve aqui e algumas já me ajudaram muito. Vc que já foi casado sabe como algumas coisas são complicadas...neste momento nãos ei direito o que fazer, e sinto que daqui pra frente vou perder várias coisas que amo, graças ao meu proceder iniquo. Bem queria só desabafar um pouco...não falei com os anciãos ainda, mas já revelei meu pecado pra quem deveria saber. E agora vou partir para as proximas etapas que são confessar meus erros e encarar a dura diciplina!!! Como vc falou aí acima, Que Jeová tenha misericórdia de nós.

    ResponderExcluir
  10. Eu converso com você por MSN. Mas por ora, o mais importante você está fazendo que é reconhecer sua condição perante Jeová. Lembre-se do Rei Davi, seu perdão não foi necessariamente por confessar o erro, mas o arrependimento sincero. E no caso dele, só ocorreu quando foi exposto. Às confessar nossos erros e aceitar a disciplina da parte de Jeová é o primeiro passo para o perdão.

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.