domingo, 23 de janeiro de 2011

I´M NOT OK, I PROMISE

Um colega do meu trabalho não foi trabalhar ontem. Teve problemas causados pelo stress. Olha só, coração partido entrou no rol dos eufemismos. Embora por motivos diferentes, porém circunstanciais, estamos passando pelo mesmo problema. Ele separou de sua esposa, a minha se separou de mim. Não gosto de usar a palavra "estamos sofrendo", é piegas, brega demais. Mas não está sendo fácil.

O ruim de se trabalhar no mesmo ambiente de sua ex-esposa é que sua vida acaba virando novela para os cafezinhos do corredor, ou no nosso caso, do refeitório. Não nos falamos, mas almoçamos no mesmo horário, no mesmo bat local, e a cada vez que passo o longo caminho até a o refeitório sinto como se os olhos nos fuzilassem, cada língua ávida para palpitar, julgar ou quem sabe, apenas fofocar.

E os irmãos que trabalham comigo? Alguns deles colocados lá por mim, e agora ficam preocupados, "será que devo falar com ele?". Coitados, não precisam se sentir obrigados a falar comigo só porque eu os coloquei lá. (Ah, Henrique, não esqueci de você tá? Vamos ver se este mês rola alguma coisa).

Eu tenho hipertensão, sempre foi muito controlada, mas nos últimos quatro meses tive quatro princípios de taquicardia. Nunca falei isso para o meu médico, afinal, diante de tantos problemas morrer não era uma solução tão ruim assim. Será que desassociados quando morrem tem esperança de ressurreição? Sabe de uma coisa, melhor não arriscar. Deixa eu morrer quando voltar. Como dizia o velho Renato Russo, "Viver é uma dádiva fatal, no fim das contas ninguém sai vivo daqui, então vamos com calma".


Com quase 40 anos não quero parecer uma criança falando de lamúrias e meus problemas de depressão. Isso é tão imaturo. Escrever num blog já é imaturo. Lidar com a vida é uma forma de ser imaturo. Me lembrei de outra música do Legião; "triste coisa é querer bem a quem não sabe perdoar". Gostar de quem não se importa com você é uma forma gravíssima de imaturidade.

Já se passaram dois meses. No dia de minha comissão perguntei aos anciãos com quanto tempo poderia voltar, e me disseram que o tempo é proporcional ao número de pecados! Caracas, é tipo..., seu pecado foi grave, então reze "7 avemarias e 10 painossos"? Alguém escreveu aí, nos comentários, que deixar de falar com o desassociado é uma provisão para de fazê-lo voltar. Deixa disso, a desassociação tem apenas um único objetivo: proteger a congregação do mal elemento. Tudo bem, desculpe por derrubar alguns castelos, mas eu sou maduro suficiente para saber disso e ainda assim amar a Jeová e querer voltar à Sua organização.

Ta bom, embora esteja com uma vontade imensa de escrever uma carta agora, vou esperar por mais alguns meses. Afinal, quem estabeleceu que a desassociação tem que levar um ano inteiro? Detesto paradigmas. Preciso disso. Sem família, sem ex-esposa e sem amigos na organização. Totalmente isolado do mundo, e ainda tendo que lutar fortemente para não se envolver com os "amigos" do trabalho. 2010 foi um ano de merda (perdoem meu linguajar, mas não achei palavra melhor); espero que 2011 seja o ano da redenção.

.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.



Às vezes me sinto um idiota.
Será que é só um sentimento,
ou eu sou um idiota de verdade?

13 comentários:

  1. A vida é curta demais para se agir como um idiota.
    Deixe de ser um e aja. (Sabe o que digo)

    ResponderExcluir
  2. "No dia de minha comissão perguntei aos anciãos com quanto tempo poderia voltar, e me disseram que o tempo é proporcional ao número de pecados!"

    Que ancião te disse isso??? Que eu saiba o tempo recomendado pela organização é 1 ano...antes é sempre muito dificil...quando fui desassociado e não foi por poucos pecados não....quando fez um ano, o ancião coordenador já me pediu a carta....e se fosse assim como este ancião te disse, tem casos aqui entre Paranoá e localidades que ficariam a vida toda desassociados a exemplo um caso que circulou o DF quase todo de um ancião coordenador aqui próximo que traía a esposa com a mulher pioneira regular do melhor amigo...a muito tempo escondiam e só forma descobertos porque a mulher traida os pegou no flagra ao chegar em casa porque saiu mais cedo da reunião...fez um ano agora e ele já foi readmitido...
    quanto ao tempo...fique calmo...quando passar vc vai achar que foi até rápido...e daí pra frente é só progresso!!!
    Jeová nos ajude meu querido amigo!!!

    ResponderExcluir
  3. Pois é.. me disseram isso. Mas eu sei como as coisas funcionam. Na verdade, não existe prazo. O que ocorre é que os anciãos são recomendados pela Associação a procurar o desassociado após um ano, para saber como ele está, se deseja ajuda, etc. Por causa disso criou um paradigma de 1 ano, na verdade, você pode pedir pra voltar até com 6 meses. Vai depender de vários fatos, mas já conheci gente que foi readimitido com 7 meses.

    ResponderExcluir
  4. Se for quem eu estou pensando, ele já foi readimitido???

    ResponderExcluir
  5. Não sei se estamos falando da mesma pessoa...mas já sim...:~~

    ResponderExcluir
  6. Você perguntou então vou responder Não ti conheço pessoalmente mas leio o teu blog, te acho engraçado, inteligente e as vezes um tanto quanto idiota...



    ...mas quem não é?

    ResponderExcluir
  7. Não há prazo específico. Mas se coloque no lugar dos anciãos. Dependendo do pecado pode levar mais tempo para que VC mostre obras de arrependimento. Eles não lêem corações...
    Se foi repreendido ou desassociado anteriormente isso pesa tb no tempo em que vc terá de perseverar demonstrando da maneira que pode que está arrependido e não quer mais cometer o pecado que o levou a desassociação.
    Pense nisso, tenha paciência e humildade (não estou dizendo que não a possui) e não seja dono da verdade, "destruidor de castelos" que só existem em sua mente. Muitos voltam justamente pela disciplina que receberam, pelo modo em que isso é aplicado na congregação. A desassociação para alguns é sim uma provisão para fazer alguns caírem em si.

    Já fui desassociado e voltei e o conselho que te dou é:
    Fale pouco, aja mais. Se já se arrependeu e deseja voltar, prove isso. Não critique os anciãos pois eles não tem culpa do que VC cometeu, mesmo eles sendo "indoutos e comuns", errando como nós. O pecado foi cometido por nós e por isso temos de pagar. Vc não caiu de para-quedas na organização ;)

    Força...

    ResponderExcluir
  8. sonho com minha readimiçao sera a maior conquista da minha vida

    ResponderExcluir
  9. tenho medo de tomar posição em pró da adoração verdadeira justamente por isso: e se eu me envolver demais com os irmãos associados e depois eu for desassociado, qual será meu futuro? se ao menos não posso conversar com o meu melhor amigo? o que farei agora? sei que ficar em cima do muro não é a única saída pois o muro pertence a satanás, então o melhor fazer é arriscar e ver no que vai dar!

    ResponderExcluir
  10. FUI DESASSOCIADO,MAS JA TOU INDO NAS REUNIOES,SO QUE TEM HORAS QUE PRECISO DESABAFAR COM ALGUEM,MAS QUEM NAO POSSO FALAR COM NINGUEM,E CLARO TEM JEOVA O MELHOR AMIGO MAS PRECISO FALAR COM A PESSOA.POCHA TEM HORAS QUE VOU NO SALAO E CHORO A REUNIAO TODA DESFARÇADAMENTE E QUANDO CHEGO EM CSA TOMO REMEDIO PRA DORMI SE NAO DA.E FAZER O QUE PROCUREI AGORA TENHO QUE AGUENTAR.MAS TA COMPLICADO ATE IDEIAS SUICIDAS APAREÇEM.FASE RUIM.MAS COM AJUDA DE JEOVA VOU VENÇER

    ResponderExcluir
  11. QUEM AMA A JEOVA E DESASSOCIADO FAZ O POSSIVEL PRA CORRIGIR OS ERROS E VOLTAR PRA ELE,QUEM NAO AMA A JEOVA VIRA APOSTATA E COMEÇA AFALAR MAL DE JEOVA.FUI DESASSOCIADO NAO FOI CULPA DOS ANÇIAOS NEM DE JEOVA FOI MINHA CULPA,MAS EM NENHUM MOMENTO COMEÇEI A FALAR MAL DA ORGANIZAÇAO DE JEOVA.ANTES TOU FAZENDO O POSSIVEL PARA SER READMITIDO E ME ARREPENDER.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.