sábado, 29 de janeiro de 2011

NÃO É ENGRAÇADO??

Não é engraçado como R$1,00 parece tanto quando o levamos ao Salão e tão pouco quando vamos ao shopping?

Não é engraçado como uma hora é tão longa quando servimos a Jeová, mas tão curta quando assistimos a um jogo de futebol ou nos divertimos?

Não é engraçado como duas horas no Salão parecem mais longas do que quando assistimos a um filme?

Não é engraçado como não achamos as palavras quando oramos, mas elas estão sempre na ponta da língua para conversarmos com um amigo?

Não é engraçado como ficamos excitados quando um jogo vai para a prorrogação, mas reclamamos quando a reunião dura mais que o normal?

Não é engraçado como achamos cansativo ler um capítulo da Bíblia, mas é fácil ler 100páginas do um livro de qualquer autor de sucesso?

Não é engraçado como queremos sempre as cadeiras da frente no teatro ou num show, mas sempre sentamos no fundo do Salão?

Não é engraçado como precisamos de 2 ou 3 semanas de antecedência para agendar um compromisso no Salão, mas para outros programas estamos sempre disponíveis?

Não é engraçado como temos dificuldade de aprender a pregar, mas como é fácil aprender e contar piada ou a última fofoca?

Não é engraçado como acreditamos nos jornais e nas revistas, mas questionamos a Bíblia?

Não é engraçado como todo mundo quer se salvar desde que não tenha que acreditar, dizer ou fazer nada, no máximo marcar ponto no salão e no campo pra conseguir a entrada no Paraíso?

Não é engraçado?

NÃO, É TRISTE!

Um comentário:

  1. engraçado é que nesses dois anos como estudante da bíblia tenho recebido todos os mêses a sentinela e a despertai e o triste é que nunca contribui com nenhum centavo para o mantimento das publicações,agradeço por tocar na minha consciência pois não tinha dado conta da dimensão do fato.

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.