sábado, 9 de outubro de 2010

O QUE É AMOR?


"Agora, porém, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três;
mas o maior destes é o amor" - I Corintios 13:13






O que é amor? Como definir em toda sua vida qual a pessoa que você realmente amou ou que foi apenas uma paixão? Como saber se você ama a pessoa que você está hoje? É incrível como se já fizeram milhares de canções, milhares de poesias, contos, poemas... e ninguém sabe definir o amor.

É óbvio que estou falando do amor eros, e antes que alguém venha me apontar 1 Corintios 13, gostaria de ressaltar que aquele é o amor àgape e nada tem a ver com o amor, o tesão, o carinho, o cuidado, a preocupação que um homem sente por uma mulher, e vice versa.

Bem, eu acredito que o amor (eros) verdadeiro só ocorre quando você consegue associá-lo ao amor agape. É quando você consegue associar o tesão, o carinho, o desejo, a admiração pela pessoa com tudo aquilo que está descrito na carta de Paulo aos corintios, então você tem o verdadeiro amor pela pessoa.

Durante toda minha vida, nos meus 36 anos, acredito ter amado somente 3 pessoas. O amor (eros) associado ao amor agape, o transforma numa pessoa que é feliz simplesmente por amar. Você não deseja nada em troca, apenas ver a felicidade da pessoa amada, mesmo que isso não ocorra com você. O amor eros é egoista, ele ama condicionalmente: se ele(a) te ama, você está feliz, mas se não; você se auto destrói, ou pior, destrói a pessoa amada.

Associado ao agape, você aprende a valorizar o seu sentimento, acredita que o mais importante para a sobrevivência de seu amor é que ela(e) esteja esteja feliz. O amor eros associado ao agape não é cego. Ele sabe de todos os defeitos, de todos os caminhos, de todas as propabilidades e é capaz de cuidar, de proteger, de orar e até fazer de tudo para que esse amor continue, mesmo que não esteja ao lado da pessoa.

Alguém que ama é capaz até de desistir do seu amor, para se manter feliz e amando. É capaz ate de deixar o amor ir embora, pois sabe que não é capaz de dar felicidade para a pessoa que ama.

Quando você ama é capaz inclusive de agradecer a pessoa que conquistou o coração de sua amada, só porque foi capaz de fazê-la feliz. Eu, acredito, amei três pessoas. Todas elas no meu passado. A terceira, ainda amo, mas fico feliz por saber que ela ama e é amada pela pessoa com quem ela estar hoje.

Esse papo de amor é um saco né? Mas na falta do que fazer, decidi contar a história dos meus três amores e como alguns deles foram felizes e sofríveis para mim.

Aguarde... e não prepare os lenços, pois não é mais uma história de amor.



PS: Este post foi escrito às 2:37h, depois da 15ª lata de Antártica e ouvindo "Everybody hurt" (REM), "So beatiful" (Chris de Burg) e "Deborah" (Vangelis).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.