domingo, 12 de setembro de 2010

ESTUDOS BÍBLICOS


"Salvarás tanto a ti mesmo como aos que te escutam."
- 1 Tim. 4:16



Dirigir estudos bíblicos proveitosos é um dom que todos devem ter, mas apenas poucos possuem com habilidade. Os que trabalham de tempo integral no serviço de Jeová por padrão - e por treinamento - são os mais habilitados, mas existem pessoas que parecem ter nascido para isso. Moisés, meu ex-instrutor, hoje ancião coordenador da congregação Nascente, no Gama, é um deles. Seu interesse pelos estudantes vai muito mais além do que apenas passar verdades bíblicas, mas ele se preocupa e se interessa tanto por eles, que se torna também seu amigo, seu conselheiro, parte da vida deles. Eu fui seu primeiro estudante, isso há 23 e ainda hoje ele utiliza o mesmo método (se é assim que podemos chamar) e justamente por este motivo possui uma leva de pessoas que conheceram a Jeová por sua causa. Outro se chama Henrique, também ancião no Gama, que tem uma capacidade incrível e dissoluta de "convencer" os jovens a servir a Jeová. Os "meninos do Henrique", como são chamados os seus inúmeros estudantes que hoje servem a Jeová, alguns como servos ministeriais e até anciãos, mostram como seu método similar de se tornar não só um instrutor, mas um amigo pessoal na vida de cada um deles, é uma forma majestosa como Jeová atrai muitos.

Eu nunca herdei esse dom de Moisés. Nesses 23 anos tive muitos estudantes, mas pouquíssimos deles "renderam". Consegui levar dois ao batismo, Reginal, um senhor sério que se batizou mas 3 anos depois se envolveu com uma irmã e foi desassociado. Perdi o contato com ele, alguns dizem, que eles estão retornando, espero que parte da "semente" que eu coloquei seja um dos resultaodos disso. Curiosamente outro estudante por quem eu nunca achei que fosse sair alguma coisa, Junior, não só se batizou como se tornou servo-ministerial. Após isso, só pessoas que estudavam mas depois desistiam.

Há 5 anos quebrava minha cabeça com Erick. Gostava dele porque era um menino carente, e assim como eu, tinha um bom humor incrível. Mas ele acabou viajando para São Paulo, e perdemos o contato. Esta semana fui visitar a congregação Central do Gama, e distraído, recebi um murro, sim um murro, de um rapaz alto, cheio de espinhas na cara e aqueles dentões irreconhecíveis: Erick!!!! Voltou há 3 meses e agora está estudando a Bíblia novamente.

Acho que é essa alegria que os irmãos queria dizer quando terminaram o comentário do texto diário de hoje com as palavras: "Além do mais com o apoio de Jeová poderemos ajudar a salvar os que nos escutam. Que motivo de algeria isso seria!"

2 comentários:

  1. um murro??? é amor a golpe mesmo??? muito estranho...

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.