sexta-feira, 17 de julho de 2009

Filhos de Michael Jackson estão indo pro Salão do Reino

Eu "cantei" a pedra...



Agora, espero que eles possam seguir em frente, estudando a Bíblia, conhecendo melhor sobre nosso maravilhoso Deus Jeová e que possam se apegar a mesma esperança, que eu me apeguei há 18 anos, quando meu pai faleceu, de milhões de injustos que morreram sairão dos túmulos memoriais para uma ressurreição de vida.

http://www.tmz.com/2009/07/15/jackos-kids-let-us-pray/

Um comentário:

  1. Peter, emfim senti uma imensurável alegria com essa história.
    Creio que ao deixar a guarda dos filhos com a mãe, Michael tencionava exatamente isso; essa é a verdadeira herança.

    P.S:"Jamais o Faria de Novo!”
    Em outro vídeo popular, Thriller, vê-se o artista transformar-se primeiro num “homem-gato”, daí, num “monstro” dançante. Evidentemente não querendo que os espectadores concluíssem que tal vídeo promovia o espiritismo, o filme começa com o repúdio: “Devido às minhas fortes convicções pessoais, quero destacar que este filme de forma alguma endossa a crença no ocultismo. — Michael Jackson.” Todavia, era tão real que alguns que o viram admitiram ter ficado horrorizados inicialmente. O que tencionava transmitir este breve filme? E o que Michael Jackson, o artista, pensa sobre ele, ao contemplá-lo agora?
    “Jamais o faria de novo!” afirma Jackson. “Tencionava apenas fazer um filmezinho bom e divertido, e não trazer propositalmente à tela algo que assustasse as pessoas ou causasse algum mal. Desejo fazer o que é correto. Eu jamais faria de novo algo parecido.” Por que não? “Porque muita gente ficou ofendida com aquilo”, explica Jackson. “Isso me faz sentir mal. Não desejo que se sintam assim. Compreendo agora que não foi uma boa idéia. Jamais farei de novo um vídeo como aquele!” Prossegue ele: “Efetivamente, impedi a distribuição adicional do filme, sobre a qual tenho controle, incluindo seu lançamento em alguns outros países. Há todo o tipo de material promocional que se propõe para Thriller. Mas eu lhes digo: ‘Não, não e não. Não quero fazer nada quanto ao Thriller. Não haverá mais nenhum Thriller.’” (g84 22/08)

    S.C

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.