sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Momento Poesia

Quando eu não mais existir

Procure-me nas flores

E eu serei o perfume daquela que você toca

Procure-me nas noites frias

E eu serei a brisa que beija seus lábios

Quando eu não mais existir

Procure-me nas estrelas

Eu estarei em uma delas para te dizer:

- Boa noite meu amor

Procure-me no lago

E eu estarei no reflexo de sua própria imagem

Só para te contemplar

Quando eu não mais existir

Procure-me na escuridão da noite

Pois eu serei o único raio de luz

Que surgirá para te iluminar

Quando eu não mais existir

Procure-me no mar

Eu serei as ondas que vem só para te dizer

Eu te Amo !


-==-

André Lago
16.10.2002

2 comentários:

  1. Que lindo, quem te inspira a escre-
    ver essas poesias?

    Um abraço, saúde p/vc.-SP

    ResponderExcluir
  2. Houve uma época em que a cada comprimido de Rivotril eu me inspirava...

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.