quinta-feira, 3 de julho de 2008

[Choro de perdedor]

Não, não amanheci ainda como prospectivo funcionário CAIXA. A expectativa ficará para o próximo dia 23. Fiz apenas 59 pontos e agora aguardo o resultado dos recursos e da média do desvio padrão para saber se fui classificado. Pelo menos isso!

A decepção não é muita pois não estudei como deveria. Não fiz cursinhos e nem fiquei horas em claro tentando decorar coisas. Fiz a prova baseado apenas nos meus conhecimentos básicos e profissionais. Se olhar por este lado, até que me saí bem. Eu fiz mais pontos que alguém que fez cursinho. Mas realmente eu deveria ter me esforçado mais.

Curiosamente, provas de concursos são antagônicas. Exemplos: eu chutei algumas e outras escolhi com uma certeza absoluta. Acabei acertando chutes e errando questões dadas como certas. Incrível.

Logo eu, que sou apaixonado pela minha língua, fui enganado por ela. Confundi sessão com seção e jurava que “privilégio” se escrevia da forma fonética que eu falo: previlégio! Imperdoável. Perdoai-me Camões!

Mas no cômputo geral, apenas uma certeza: a Cesgranrio é incompetente em elaborar provas. São confusas e permite respostas ambíguas. Acredito que será um festival de recursos. Além disso a organização é péssima. Nem se compara a CESPE. Eu gosto das provas da CESPE; sou contra apenas a política de “uma-errada-anula-uma-certa”.

Mas de qualquer forma, é como disse uma professora, certa vez. “Não existe prova difícil para quem estuda”.

Eu não estudei. Portanto, no final, tudo não passa de choro de perdedor.

Um comentário:

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.