sábado, 5 de janeiro de 2008

[ Da série Triste mas real ]

sf (lat bajulatione) 1 Ação de bajular. 2 Adulação interesseira; chaleirismo

Lamentavelmente alguns irmãos – no auge da sua imperfeição – acredita que privilégios na organização advém de fazer politicagem ou bajulação das pessoas que detém o poder de dar estes privilégios, como anciãos, superintendentes e assim por diante.

Nada demais em tratar estes irmãos com carinho e atenção, desde que esta mesma atitude seja espalhada a todos. Quando alguém que nunca levantou a mão para alguém, começa a aparecer demais na casa do superintendente, lava seu carro, leva lanchinho, leva presentinhos, leva para passear, almoçar em restaurante, liga o carro para que o motor nunca fique com defeito, pra mim é bajulação.

E quando estas mesmas pessoas aparecem freqüentemente dando entrevistas e fazendo discursos em assembléias e congressos, recebendo privilégios, então eu caracterizo o superintendente de bajulável.



.

3 comentários:

  1. Não seria melhor destacar as qualidades da maioria do que os defeitos de alguns?

    (Provérbios 15:2) . . .A língua dos sábios faz bem com o conhecimento, mas a boca dos estúpidos borbulha com tolice. . .

    ResponderExcluir
  2. Ué, existem 6 bilhões que fazem isso. Eu queria ser diferente!

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.