segunda-feira, 3 de setembro de 2007

[ Nós podemos ser heróis ]





Sou louco por séries e pago caro por isso, literalmente. Depois de Smallville, The 4400 e Lost, foi a vez de ser conquistado por Heroes. A série foi um dos maiores sucessos de audiência na TV americana, ano passado, e este ano, conquistou milhares de fãs (como eu) ao ser exibido no Universal Channel. A TV Record promete exibir a série ainda este ano e aí vocês vão poder conferir.


Heroes é um drama policial que mescla suspense e ficção, ao abordar a vida de pessoas comuns que descobrem possuir super poderes ou habilidades extraordinárias. Inicialmente, assustados, não sabem o que fazer, mas logo descobrirão que serão peças chaves para evitar a destruição do planeta.


Um jovem sonhador tenta convencer seu irmão político que ele pode voar, uma líder-de-torcida descobre ser totalmente indestrutível, uma stripper de Las Vegas, lutando para sustentar seu filho, percebe que sua imagem no espelho tem um segredo, um fugitivo da polícia descobre poder atravessar paredes, um talentoso artista, cujo vício nas drogas está destruindo sua vida e sua relação com a namorada, é capaz de pintar o futuro e um policial azarado consegue ouvir o pensamento das pessoas - inclusive os de um terrorista capturado. No Japão, um jovem desenvolve um jeito de parar o tempo.

Os seus destinos? Nada menos do que salvar o mundo.


Muita ficção, diria você. Mas curiosamente Heroes chama a atenção por dar uma abordagem adulta à história de super heróis, criando uma tensão numa trama complexa de enigmas, suspense e ação policial. A grande maioria dos personagens, possuem desvios de caráter, o que lhes dar certa ambigüidade, assim cada um deles pode varias de bonzinhos à vilões a cada episódio. O mais interessante é que os enigmas não perduram muito tempo, sendo solucionados, embora acabem surgindo outros, mas pelo menos não é como Lost, onde muitos enigmas da primeira temporada ainda não foram explicados.

Enfim, Heroes, nos faz sonhar... Quem sabe nós também não podemos ser heróis?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.