sábado, 12 de maio de 2007

[ Perseguição ]

Jesus disse que seus seguidores seriam perseguidos – fisicamente e/ou moralmente – e por isso, acho até comum noticias relacionadas pelo mundo contra as Testemunhas de Jeová. Claro, como qualquer irmão faria, me preocupo e sempre os incluo em minhas orações (Filêmon 4). Mas de todos, acompanhei de perto (leia-se, procurando noticias em jornais, sites de notícias, etc) a perseguição na Geórgia e na França, por serem notórios.

Qualquer perseguição na África ou em países do terceiro mundo, é atribuído à ignorância, pobreza, tribalismo fanático, má educação e o ditatorialismo militar. No entanto, o que podemos dizer da Geórgia, ex-membro da grande potência Soviética, e da França, país tradicional europeu, primaz da democracia e fonte da teoria governamental que prega a igualdade, liberdade e fraternidade?

Tudo bem que após o fim da URSS, a Geórgia se tornou um dos países pobres do Leste Europeu, mas é incrível que num país que até pouco tempo atrás era uma nação poderosa permita que pessoas agridam fisicamente outras sem tomar atitudes. Fiquei estarrecido com uma dessas invasões, onde foi relatado que uma das beatas chegou a desferir um golpe com uma cruz na cabeça de um dos irmãos, que foi internado com traumatismo craniano. Seria absurdo se fosse com qualquer religião, mais ainda, com um irmão nosso. É absurdo que num país livre e democrático, coisas assim continuem acontecendo.

Já no caso da França é mais complicado ainda, pois a perseguição é moral. Tudo bem, que ao contrário das outras nações, a França leva a sério o fato de ser uma nação laica, mas o motivo utilizado para denegrir a imagem das Testemunhas de Jeová foi, no mínimo, ridícula e tendenciosa. Criaram uma Lei Fiscal absurda, utilizamos a Lei para questioná-la e enquanto isso, eles propagam que não queremos seguí-la.

Mas conhecem àquela história da fofoca? Onde até que se prove o contrário, o estrago está feito? É isso que tem acontecido, pois os irmãos têm sido apontados nas ruas como caloteiros, desonestos, fraudadores do fisco e assim por diante. Segundo uma irmã que conheço de Lion, às vezes, a perseguição é pior do que se fosse física, pois no caso da Geórgia, sempre aparecem grupos de defesa dos direitos humanos, que não concordam com as agressões físicas, mas no caso da França, o governo propaga a idéia errada que é noticiada por jornais e televisão, e acaba sendo apoiada pela população em geral.

Graças a Jeová, e seu filho Jesus, recentemente a Corte Européia decidiu que o Governo da Geórgia foi culpada de omissão e condenada a recompensar às vítimas por danos morais e custas legais. Em breve, esperamos que as coisas de resolvam na França, pois neste caso, o nome de Jeová está sendo literalmente vituperado. Eu fico puto de raiva quando isso acontece.

Um comentário:

  1. é lamentavel que isto esteja acontecendo com o povo de jeová, más o que esperariamos, já que estamos vivendo no mundo de satanás? só JESUS CRISTO e JEOVÁ com a ajuda do espirito santo para nos socorrer.

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.