terça-feira, 9 de dezembro de 2008

10 pragas do Egito



As 10 pragas lançadas por Jeová existiram! Apesar dos críticos da Bíblia, parece que uma turma bem grande de cientistas também concordam, afinal, dizem que as evidências são grandes. Mesmo que não admitam uma intervenção divina, mas as explicações científicas corroboram que a "Palavra de Deus é viva e exerce poder." - Heb. 4:12


SANGUE NO RIO NILO

Alguns biólogos dizem que a explicação mais clara é que o Rio Nilo foi atacado por uma proliferação de algas vermelhas tóxicas, o que explicaria, inclusive o cheiro fétido do rio.

PROLIFERAÇÃO DE RÃS

A segunda praga seria resultado da anterior: por causa das toxinas liberadas pelas algas vermelhas, os sapos foram “expulsos” de seu habitat invadindo a região urbana do Egito.

PIOLHOS? ARGH!

A Tradução do Novo Mundo fala em borrachudos, mas as demais versões da Bíblia citam diretamente os piolhos. Dizem especialistas que os piolhos já eram comuns no Egito. O costume de raspar os cabelos era justamente para evita-los. Mas segundo os biólogos com as águas do Nilo “sujas” e sem poder fazer a higienização, os ovos de piolhos se multiplicaram criando uma infestação de insetos.

MOSCAS GIGANTES? ECA!

Com a morte dos sapos, moscas do tipo azuis foram atraídas. Segundo o físico Colin Humpregs, as moscas não deveriam ser grandes, ele atribui ao imaginário popular o relato de moscões ou apenas uma visão deturpada da mente humana, pois várias moscas juntas, poderiam dar impressão de serem grandes.

ANIMAIS DOENTES

Para o mesmo físico, o culpado das doenças e mortes de animais foram as moscas, mais precisamente a mosca-de-estábulo que carrega vírus fatais para vacas e cavalos.

FURUNCULOS NOS HOMENS

Pelo mesmo motivo acima. A proliferação de insetos, e principalmente de mosquitos Culicoides Canithorax, teriam causado chagas e úlceras nas pessoas. Uma outra teoria nasceu após um fato ocorrido em Camarões em 1986. Um lago ficou vermelho por causa de vazamentos de gás (o que justificaria o “sangue” do Rio Nilo) e como efeito radioativo ganharam bolhas que ao estourarem se transformaram em feridas.

CHUVAS DE PEDRA

As saraivadas seria uma chuva de granizo, porém maiores que o normal. Apesar de serem raras na região, dizem os cientistas que chuvas de pedra e granizo costumavam ocorrer no norte da África.

NUVENS DE GAFANHOTOS

Com tantas alterações ambientais, o comportamento dos gafanhotos poderiam mudar, provocando as nuvens destes insetos. O solo úmido da chuva de granizo também pode ter atraído os insetos.

TREVAS NO CÉU

Segundo biólogos o mais provável é que tenha ocorrido uma khamsin, uma tempestade de areia tão densa que costuma escurecer a superfície, muito comum principalmente no Deserto do Saara. Outra explicação é que pode ter sido uma eclipse total do sol ou até mesmo uma escuridão provocada pelo cardume de gafanhotos.

MORTE DO PRIMOGÊNITO

Esta talvez seja a explicação mais desafiadores, e também a menos crível. Alguns historiadores dizem que no Egito os primogênitos tradicionalmente eram os primeiros a comer e por isso, morreram antes com a comida contaminada pela falta de higiene. Alguns geólogos, por outro lado, afirmam que os mais velhos dormiam no chão, e entre os gazes que vazaram com a erupção do vulcão Santorini, estaria o dióxido de carbono, que se desloca junto ao solo, matando quem o inalou.


RESUMO DA ÓPERA: Bem, estas são as explicações científicas. Isso atesta apenas que as profecias bíblicas ocorreram e que a Palavra de Deus é exata. A Bíblia se concentra apenas em afirmar as ações de Jeová e não se atem as explicações científicas. Embora os argumentos acima possam ser derrubados sob um olhar mais profundo, o que podemos dizer é que como o Deus que criou os céus e a terra, fica claro que Jeová deve ter utilizado os fenômenos naturais para realizar a maioria de seus milagres.

A nós só resta saber que Jeová é um Deus que cumpre o que promete. (Tito 1:2)

10 comentários:

  1. Não resta dúvida de que alguns fenômenos ocorridos e narrados na Bíblia estão além da capacidade do homem de experimentar cientificamente, mas isso é natural. Essa semana, na construção de um salão, ao remover junto com mais 6 irmãos um montão de barro que havia na frente do terreno (que dureza foi fazer isso...rsrsrs) comentei que para nós é difícil até mover um pouco daqui para ali, no entanto, para o Criador que fez a Terra não existe limitação, seu poder não pode sequer ser imaginado.

    Abração...

    PS.: Ei! você me excluiu da lista do "Vale à pena ler"...snif! brincadeira.

    ResponderExcluir
  2. Oi André. Gostaria de dar uma sugestão de post: O novo formato de reuniões para 2009.
    - novos horários
    - novo visual do Ministério do Reino
    - novos objetivos

    enfim, falar sobre as mudanças. Gostaria muito de ver sua opinião acerca desse assunto.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Fergunson, não sei.

    O problema é que quando falou das coisas da organização aparecem meia duzia de irmãos condenando...

    Quando deixo de falar, e me atenho a coisas "seculares" vem outra meia duzia e condena do mesmo jeito...

    É uma coisa doida. (compare com Mateus 11:16-19)

    ResponderExcluir
  4. eu acho legal quando você mostra sua opinião sobre algumas coisas da organização. Pra mim, sua visão sobre esses assuntos é bem sóbria. Infelizmente, tem alguns que se mostram excessivamente fechados sobre discutir acerca disso. Mas gostaria muito de ler sobre o que você acha sobre todas as mudanças que estão ocorrendo dentro da organização.

    ResponderExcluir
  5. Bem, eu comentei a algum tempo atrás sobre estas mudanças. A maior delas é a eliminação do Estudo de Livro. Ufanismos à parte, para mim, o maior motivo era que o "formato" da reunião dava pouca assistência e muitos irmãos davam pouco valor, principalmente aqueles que se reunião na casa dos irmãos. Mas esqueci! Tenho que manter o romantismo... o motivo é que o últimos dias estão chegando. :)

    ResponderExcluir
  6. "Tenho que manter o romantismo... o motivo é que o últimos dias estão chegando. :)"
    No mínimo lamentável essa sua frase...
    Não acredita nas afirmações do representante do "escravo fiel e discreto", o Corpo Governante? Acha que foi lida uma carta sobre esse assunto em todas as congregações com esse argumento por "romantismo"?
    Cuidado amigo, está seguindo por caminhos perigosos. Siga de perto as orientações do Corpo Governante e não trate com leviandade ou ironias, não é esse o caminho...

    ResponderExcluir
  7. Entendeu Fergunson, como funciona as coisas?

    ResponderExcluir
  8. Não se sinta superior meu irmão. Seu blog está cheio de egocentrismo e uma atitude que ao meu ver não condiz com o nome que leva. Infelizmente, você está errado gostaria que mudasse porque pelo caminho que você está andando torna você uma pessoa "falto de fé". Sua afirmação acima me fez lembrar as palavras de Pedro em (2 Pedro 3:3-4) . . .Pois sabeis primeiramente isto, que nos últimos dias virão ridicularizadores com os seus escárnios, procedendo segundo os seus próprios desejos e dizendo: “Onde está essa prometida presença dele? Ora, desde o dia em que os nossos antepassados adormeceram [na morte], todas as coisas estão continuando exatamente como desde o princípio da criação.”
    Infelizmente, isso não é "romantismo"

    ResponderExcluir
  9. hoje se falarmos das 10pragas do egito ou qualquer assuntos relacionados nas escrituras sagradas somos taxados de loucos ou ignorantes e por isso não é de se estranhar que pessoas que não conhecem a Deus ou seus propósitos, ignorem os relatos bíblicos.

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.