segunda-feira, 27 de novembro de 2006

[ Nunca me senti tão desvalorizado! ]

Hoje estava eu tão tranquilo, fazendo gozação com um colega de trabalho que vai se casar em janeiro, afirmando que a vida dele valia apenas 90 reais. Esse é o preço que o Cartório de Registro Civil cobra para registrar um casamento. Imagina só? 90 reais para se perder a vida, a liberdade... tá bom, há controvérsias, mas quem conseguir me provar dou um doce.

Então recebi na minha mesa um pequeno envelope com a logomarca da CAIXA SEGUROS. Para mim? O que seria? Tchan... tchan... tchan... tchaaaaaan!! A minha empresa fez um seguro de vida no valor de R$ 10.000,00. Minha vida vale só 10 mil reais. Acreditam nisso? Minha vida vale um Gol bola, mas de duas portas. Nunca me senti tão desvalorizado. Pior foi quando tive que descrever na apólice quem era meu beneficiário. Quem receberia essa fortuna toda? Bem, coloquei minha sobrinha. Vai que eu morra justamente quando ela estiver precisando de dez mil reais?

[ Diálogos ]

- Eu soube até que foram te dizer que eu dei em cima dela...
- É, eu soube dessa conversa mesmo.
- Pow, nada haver. A língua desse povo é grande né?
- ...
- Mas porque você não ficou chateado, ou veio falar comigo?

Pensei em inventar algo, mas resolvi ser sincero:

- Tsc, você é meu amigo, vou esquentar para o que esse povo fala? Além disso, se fosse verdade, "sem vergonha" seria ela, não você.
- ...


________________________


Disso tudo, posso estabelecer uma coisa: homem que larga uma amizade por causa de mulher, não pode ser considerado homem.

É um banana!!!

2 comentários:

  1. se ele tivesse dado em cima dela mesmo, ela seria a sem vergonha???
    Num entendi!!

    ResponderExcluir
  2. se ele tivesse dado em cima dela mesmo, ela seria a sem vergonha???
    Num entendi!!

    ResponderExcluir

TODOS COMENTÁRIOS SÃO MODERADOS. (1) Não tiro dúvidas sobre doutrinas cristãs (2) Não permito ofensas, palavrões ou termos vulgares. (3) Não é permitido proselitismo, apostasia, contudo, aceitamos bons argumentos.